domingo, 27 de maio de 2018

Resenha: O perfume da Folha de Chá - Dinah Jefferies

"...a culpa era capaz de consumir uma pessoa por dentro, e que era uma presença persistente, invisível a princípio, mas ia crescendo até ganhar vida própria."

Ganhei esse livro de Dia das Mães.  Vi essa capa linda e me encantei! Li a sinopse e me encantei, precisava saber qual o segredo que esse casal mantinha. Esse romance é para ser saboreado, a leitura é um deleite, as ações acontecem devagar, não espere um livro onde as coisas vão se encaixando rapidamente, essa é a estória da vida de Gwen e Laurence.

Gwen é uma moça inglesa de 19 anos, recém casada e apaixonada pelo viúvo Laurence de 37 anos. Ele é um fazendeiro de chá no Ceilão e ela se muda para lá. Chegando à essa nova vida, ela percebe que o marido esta cada vez mais distante e mantem vários assuntos em segredos. Logo ela descobre na propriedade um túmulo escondido em meio a um matagal, Laurence não se abre, não tem diálogo,  não conversa nem sobre a sua primeira esposa Caroline.
Após uns meses, ela descobre que esta grávida e a felicidade  reabre  aporta para eles. O parto é  sofrido Gwen esta sozinha em casa com Naveena, aia da Laurence, a inglesa dá luz a duas crianças, mas um medo terrível a faz ter uma atitude impensada, que ela se culpará pelo resto da vida.

No romance temos outros personagens muito importantes para a trama:
Verity - 26 anos, irmã de Laurence, mimada, dissimulada. Boa parte das brigas entre o casal, acontece por culpa dela.

Fran - prima de Gwen, uma menina a frente do seu tempo, orfã dos pais. É como uma irmã para a protagonista.

Savi - um artista do Ceilão, ele tem papel decisivo na estória (olho nele!!). Laurence o detesta, no fim sabemos o motivo :)

Naveena - empregada da casa, foi baba de Laurence, uma mulher muito batalhadora e tem papel bem importante na narrativa como na estoria familiar de Laurence.


"O Perfume da folha de chá" me fez pensar em como é ruim manter segredos, temas que não são conversados... pois esse é o cerne dos problemas desse casal, além do grande preconceito racial que é muito bem relatado nessa obra. 

A trama é muito bem montada, mas como disse, você não pode ter pressa, a narrativa é lenta e bem descritiva, os fatos vão se resolvendo dentro dos 4 capítulos (Nova Vida, O Segredo, O Sofrimento, A Verdade), das 430 páginas. 

O capítulo III O Sofrimento é muito arrebatador, eu sofri e chorei com ela, a dor da culpa foi cortante, enorme, e arrebatadora,

Eu amei e odiei o final, queria bater em  Laurence!!! Porque se ele tivesse conversado com Gwen nada teria acontecido! Ela não teria tomando a decisão desesperada que tomou! E também fiquei impressionada como as pessoas são preconceituosas! Até quem sofre preconceito é preconceituosa! Por exemplo, as pessoas do Ceilão sofrem preconceito pelos Ingleses, e mesmo assim são extremamente preconceituosos com os tâmis, povo que veio para trabalhar no território que hoje é o Sri Lanka.


Recomendo muito a leitura! Paguei $31,90