sábado, 12 de maio de 2018

Resenha: A Mulher na Janela - A. J. Finn

"Como paciente, digo que a agorafobia não veio para destruir minha vida: agora ela é a minha vida." pág. 26


Que livro é esse?!!! Nossa! Estou pensando nele até hoje e já faz 2 dias que acabei de ler. Adorei! Eu amo um bom thriller de mistério e suspense e "A Mulher na Janela" é maravilhoso!!
Sabe aquele livro que você não desgruda até acabar de ler? Fica ansiosa para voltar à leitura porque TEM que saber o que acontece...que os fatos vão acontecendo e você se surpreendendo e se perguntando: CARACA!!!

O livro é todo contado por Anna Fox, 38 anos, uma mulher que vive separada  do marido Ed e da filha Olivia de 8 anos. É uma psicóloga infantil, mas parou de atuar por conta da síndrome do pânico e agorafobia que a atormenta, já esta há 11 meses sem sair de casa. Bebe muito e mistura vinho com os medicamentos psiquiátricos. Na maioria do tempo bisbilhota os vizinhos pela janela e assiste filmes de Hitchcok.
Tudo andava normalmente até que os Russell se mudam para a casa da frente...Ana começa a receber visitas e a vida dela muda completamente quando ela vê um assassinato...ou será que essa mistura bombástica de álcool e remédios a fez delirar?? Será que a realidade é um sonho e foi tudo ilusão? Até que ponto Anna está no controle de suas faculdades mentais? Será que tudo não passou de imaginação pelos filmes que ela assiste? Misturou realidade e ficção?

São 350 páginas que passam voando e fica um gostinho de quero mais. Vale muito a leitura!!!


Paguei R$31,90