sexta-feira, 8 de novembro de 2013

Resenha: Rose na Tempestade - Jon Katz

"Sabia que Katie não estava na casa da fazenda, mas não sabia aonde ela fora. Vigiava à procura de Katie todos os dias, mas esta não se encontrava ao alcance de sua visão nem audição. No entanto, farejava-a, sentia lhe o cheiro em toda parte da casa, nos pisos, nos armários e na cama, na cozinha, nas maçanetas de porta e nos puxadores de armário. Mas não conseguia colocá-la no mapa. Mesmo assim, ela estava ali."pág. 22
Mesmo que você não goste de cães, vai se apaixonar por Rose!
Ela é uma filha de um cão pasto com uma border collie que mora com Sam e Katie numa fazenda, desde filhote. 
Ela é o anjo da guarda daquele lugar, ela protege os animais e avisa Sam de qualquer problema. É uma cadela mais que especial, ainda mais por ser totalmente leal ao seu dono.

No início do livro ficamos conhecendo um pouco das aventuras de Rose, como ela "trabalha" na fazenda e logo conhecemos os sentimentos dessa fofura. O narrador traz os pensamentos da cadela para o leitor, dessa forma sabemos como ela sente falta de Katie, como ela respeita Sam, e principalmente tudo o que ela faria por aqueles que ama.

No decorrer da trama, Rose vai sentindo que algo estranho esta por vir, ela começa sentir no ambiente, nos animais, que alguma coisa esta chegando e passado alguns dias, uma forte nevasca atinge a fazenda.
É nessa hora que Sam mais precisará dessa companheira!

"Sentia-se forte, cheia de vida.
E sentia-se, pela primeira vez na consciência, leve e livre.
E não solitária"
No início a narrativa pode parecer um pouco lenta, mas a cada página a estória vai ficando mais interessante e emocionante.
O livro é narrado em 3a pessoa, a capa é linda e a diagramação perfeita.

Emocionei-me muito com a primeira frase do livro, que é do meu amado Gabriel Garcia Marquez, e ela expressa muito bem esse livro!


"Rose na Tempestade" é perfeito para quem gosta de uma leitura tranquila, com aventura e animais de estimação.