segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Resenha: Replay - Marc Levy


"Seríamos muito felizes se pudéssemos abandonar a nós mesmos como abandonamos os outros."
Com essa frase é que começamos a ler "Replay" de Marc Levy. 
Preciso dizer que de todos os livros dele que já li, esse foi o que mais gostei, porque ele mistura romance, suspense e mistério. Tem coisa melhor? Para mim, não.

Andrew Stilman é um jornalista do NY Times, tem quase 40 anos, solteiro. Ele adora o trabalho, sente muito orgulho por ser um jornalista de um jornal tão respeitado, mas nem sempre foi assim, ele começou no setor de obituário, e foi sendo promovido, até chegar onde chegou.
É um frequentador assíduo do bar Marriott onde por uma coincidência do destino reencontrou Valérie Ramsay, sua namorada da época do colégio. 

Valérie fugiu do Meio-Oeste onde moravam assim que conseguiu um vaga na universidade de Indiana, desde então eles nunca mais se encontraram (isso faz 20 anos), hoje ela é veterinária da polícia montada de Nova York, está comprometida, mas a atração e a paixão que sente por Andrew é forte demais! Até que ela rompe com o atual namorado e começam um romance. Ambos estão muito apaixonados.

Nesse meio tempo, Stilman tem que fazer viagens a trabalho, ele é encarregado de fazer matérias perigosas e confidenciais. Como por exemplo, uma na China, sobre roubo de crianças, e algumas viagens para  a Argentina. Valérie se sente sozinha nessas ausências do namorado, e num rompante de amor, Andrew pede a sua mão em casamento.

Valérie é a mulher da vida de Andrew, eles se amam, o leitor consegue perceber que o relacionamento deles é perfeito, foram feitos um para o outro.
No entanto, após a última viagem à Argentina, Stilman vai com o amigo Simon ao bar Novecento e fica atraído por uma mulher desconhecida com quem trocou meia dúzia de palavras. Andrew não sabe porque, mas não consegue tirar essa mulher da cabeça, e logo após o casamento com Valérie, conta a ela que estava apaixonado por outra, deixando-a arrasada.

"Eu sei que, em alguma parte dessa cidade pela qual ando só, você respira, e isso me basta". pág. 52

Uma semana após esse turbilhão de fatos, andando sobre o Pier 4, e pensando em como fora tolo por trocar Valérie por uma ilusão, Andrew sente uma "facada" na barriga, sente que esta morrendo e que perdera a oportunidade de esclarecer tudo com sua amada, porem o que ele não imagina, é que nesse momento algo acontece: ele ganha uma nova chance! Desperta 62 dias antes da sua possível morte! Nosso protagonista tem a chance de procurar seu  assassino e recuperar a mulher da sua vida.

"Replay" tem uma narrativa fluida, a leitura é dinâmica e os fatos acontecem rapidamente. 
A partir do momento que Andrew 'acorda' do atentado que sofreu, o livro começa a ter uma grande movimentação cheia de suspense e mistério. 
Eu, como leitora, ficava me perguntando se alguma organização criminosa estava atrás dele por causa das matérias, se era algum colega de trabalho invejoso, o que aquela mulher misteriosa do bar Novecento tinha a ver com isso.

A estória é bem contada,a trama é muito bem amarrada, o leitor fica vidrado nos acontecimentos, e o final é surpreendente. 
Com certeza foi o livro que mais gostei de Marc Levy!



Leias outras  resenhas dos livros de Marc Levy:

.