quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Resenha: Sangue na Neve - Lisa Gardner

"Quem você ama?
É uma pergunta que qualquer um deve ser capaz de responder. Uma pergunta que define uma vida, cria um futuro, guia a maioria dos minutos do dia das pessoas".

Tessa Leoni é uma trooper (policial que patrulha as estradas nos EUA), casada com Brian (engenheiro da marinha mercante) há 3 anos, ela tem uma filha: Sophie de 6 anos, cujo pai é desconhecido.
D D Waren é uma detetive de homicídios de Boston, tem 40 anos, namora com Alex  há 6 meses.

O destino dessas mulheres se enlaça quando  D.D. é chamada para resolver um homicidio.
Tessa é acusada de assassinar seu marido com 3 tiros, aparentemente ela era vítima de violência doméstica, o que os hematomas em sua face e corpo não deixam negar. Porem, além do homicídio, Sophie esta desaparecida.
Em estado de choque, a trooper Leoni só consegue pedir insistentemente para D. D. achar sua filha.
Até esse ponto, DD e Bobby (ex namorado da moça e policial) imaginam várias hipóteses do que pode ter ocorrido naquela cozinha onde o corpo de Brian foi encontrado. O problema maior, é que vários troopers ficaram sabendo do caso e "contaminaram" a cena do crime, pisaram na neve, o que deixa DD extremamente nervosa e irritada.
Bobby (hoje casado e com filhos) acredita que Tessa é uma mãe amorosa e que jamais faria mal a filha, já DD acredita exatamente no oposto, e o leitor até mais da metade do livro não sabe no que acreditar.
A trama é maravilhosa! A gente fica ligado nela até a última página, o enredo todo é muito bem construído, o livro é longo, mas não tem como desgrudar dele.
É um suspense vibrante, cheio de surpresa, tensão, ansiedade, eu fui lendo e querendo saber mais e mais...e o final não te frustra, tem toda uma ligação entre os fatos.Muito bom mesmo!!

Maravilhoso! Vale a pena!