sábado, 25 de maio de 2013

Resenha: Amor Contra o Tempo - Myra McEntire - Galera Record


"O que esta atrás de você e o que está à sua frente, 
não é nada comparado ao que está dentro de você". 


Émerson é uma menina de 17 anos que começou a ver fantasmas um pouco antes da morte de seus pais há 4 anos atras.

Depois de ter perdido sua bolsa num colégio interno e ter sido internada numa clínica psiquiátrica, ela esta morando na casa de seu irmão e cunhada.
Tudo ia bem, até que ela decide parar com os medicamentos de depressão, e volta a ver os "espíritos. Eles são fantasmas do passado, quase sempre vestidos com roupas caracterizadas de outras épocas.
Seu irmão Thomaz, tentando amenizar a dor da irmã, contrata Michael que é um consultor da famosa Instituição Hourglass (Ampulheta em Inglês), e ele tenta ajudar Em.
Só que sua ajuda logo se transforma em algo mais: PAIXÃO!
A paixão entre os dois é forte como se eles tivessem uma alta conectividade.
Porem, logo Em saberá das verdadeiras intenções de Michael, e isso mudará completamente a sua vida.



"Amor contra o tempo" é um romance para quem gosta de estórias sobrenaturais e ficção cientifica.
Ele não fala somente sobre visões, e sim, sobre a possibilidade de uma pessoa  voltar ao passado e mudar a sua vida, e/ou o destino de outras pessoas.
Ele é o primeiro volume da serie Hourglass, da estreante escritora Myra McEntire.



A trama é boa, eu consegui entrar na pele de Émerson, do seu drama e conflitos. 
Porem achei que o ínicio do relacionamento dela com Michael foi muito clichê.
Tirando isso, a questão da viagem no tempo, o relacionamento entre as personagem e até mesmo as personagens secundárias, é muito bem formando. O enredo é bem traçado e todas as respostas são respondidas.
A escrita é bem fluida e a estória é contada na 1a pessoa.

Ideal para quem gosta do gênero YA e ficção científica.

Curiosidades:
A capa americana e o título Hourglass
Informações:
Título: Amor Contra o tempo
Escritora: Myra McEntire
Editora: Galera Record
Páginas: 365