quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Resenha: 60 Contos Diminutos - Marília Pirillo

" Pois é justamente isso que eu queria: dividir! Dividir a solidão que ás vezes me bate à noite...dividir o tédio de um dia sem nada para fazer. Dividir as tardes chuvosas de domingo...e principalmente dividir as atenções." p.59

Pensa num livro com uma edição linda, com formato lindo e escrita encantadora, então você pensa no "60 Contos Diminutos".
Ele, por fora, parece uma caderneta e dentro é como se fosse um caderno, onde uma pessoa escreve seus pensamentos, e pensando faz seus desenhos. Igual caderno da escola de um adolescente, e esse livro tem tudo para ser lido por jovens. 

Pois nele aquela sensação juvenil de não pertencer a nada, de inquietude, as contradições, as paixões, as raivas  são expressas em 60 minicontos.
Neste livro a escritora Marilia Pirillo fala sobre a problemática que todo adolescente passa, sobre as relações entre irmãos, pensamentos que achamos que só nós temos, solidão, timidez, corpo, insegurança...a maioria dos contos são pequenos, você lê o livro rápido, mas fica pensando nele por longo tempo, pois com uma sagacidade incrivel a escritora só nos sugere um tema ou história, ou seja, não dá um conto pronto, ela nos faz pensar, é como nos desse uma semente que só nosso pensamento fará que ela germine.

Recomendo!

Título: 60 contos diminutos
Autora: Marilia Pirillo
64 páginas
Editora Gaivota