sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

Resenha: Cinquenta Tons de Liberdade - EL James

*** CONTEÚDO ADULTO***
** RESENHA PODE CONTER SPOILER, SE VOCÊ NÃO LEU OS LIVROS ANTERIORES**

''– Eu te amo, Sra. Grey.
–  Eu também te amo, Christian. Sempre.'' 


Nesse último livro da série, finalmente Grey e Ana se casam! :) 
O livro começa com os pombinhos numa viagem de lua de mel pela Europa, e Ana tendo lembranças do casamento, ou seja, a gente sabendo como foi a cerimônia e tudo!
Em meio a viagem, Grey recebe telefonemas dos seus seguranças, pois uma parte do escritório foi incendiado. Ai começa o ciclo de de perseguição, sequestro, chantagem...
O que posso dizer é que eu amei muuuuito do 50 Tons de Cinza, que gostei do 50 Tons Mais Escuros, e  achei que os 50 Tons de Liberdade foi o livro mais chato da série.
Penso que a trilogia deixou a série meio cansativa, até as cenas de sexo eram previsíveis, e Ana chega a irritar de tão chatinha, teimosa...achei que foi muito do mesmo, entendem?
O grande diferencial desse exemplar é um terceiro personagem que surge do passado de Grey e inferniza a vida dos dois, e o último capítulo onde a escritora conta na visão de Grey o início do relacionamento deles, essa parte é impagável!
Em 50 Tons de Liberdade a clara e forte inspiração de James na saga Crepúsculo é ainda mais visivel, principalmente na parte onde eles discutem a família, filhos...será que existirá um "little" Grey?!?! Só lendo pra saber, porque eu não vou contar mais nada!! :)