quarta-feira, 29 de agosto de 2012

Recomendo: Livros que você precisa ler!

Existem livros que são como alguns vinhos, precisam ser apreciados, degustados com tempo e sabedoria!
Eu tenho uma lista enorme de livros que gostei, mas poucos que amei de fato! E por isso vim dividir com vocês três deles.
São livros escritos de forma fabulosa por escritores maravilhosos, e em específico, esses 3 exemplares foram muito bem editados. Recomendo mesmo!

São livros que mexeram com a minha alma e com o meu coração, livros que contam estórias de pessoas que se eternizaram dentro de mim.

São eles:

A Menina Que Roubava Livros - Markus Zusak -Ed. Intrínseca


Sinopse: Entre 1939 e 1943, Liesel Meminger encontrou a Morte três vezes, e saiu suficientemente viva das três ocasiões para que a própria, de tão impressionada, decidisse nos contar sua história, em "A Menina que Roubava Livros".
Desde o início da vida de Liesel  em Munique, ela precisou achar formas de se convencer do sentido da sua existência. Horas depois de ver seu irmão morrer no colo da mãe, a menina foi largada para sempre aos cuidados de Hans e Rosa Hubermann, um pintor desempregado e uma dona de casa rabugenta. Ao entrar na nova casa, trazia escondido na mala um livro, "O Manual do Coveiro". Num momento de distração, o rapaz que enterrara seu irmão o deixara cair na neve. Foi o primeiro de vários livros que Liesel roubaria ao longo dos quatro anos seguintes.
E foram estes livros que nortearam a vida de Liesel naquele tempo, quando a Alemanha era transformada diariamente pela guerra, dando trabalho dobrado à Morte. O gosto de rouba-los deu à menina uma alcunha e uma ocupação; a sede de conhecimento deu-lhe um propósito. E as palavras que Liesel encontrou em suas páginas e destacou delas seriam mais tarde aplicadas ao contexto a sua própria vida, sempre com a assistência de Hans, acordeonista amador e amável, e Max Vanderburg, o judeu do porão, o amigo quase invisível de quem ela prometera jamais falar.
Há outros personagens fundamentais na história de Liesel, como Rudy Steiner, seu melhor amigo e o namorado que ela nunca teve, ou a mulher do prefeito, sua melhor amiga que ela demorou a perceber como tal. Mas só quem está ao seu lado sempre e testemunha a dor e a poesia da época em que Liesel Meminger teve sua vida salva diariamente pelas palavras, é a nossa narradora. Um dia todos irão conhece-la. Mas ter a sua história contada por ela é para poucos. Tem que valer a pena.

Cem Anos de Solidão - Gabriel Garcia Marquez -  Record


Sinopse: O autor narra a incrível história da família Buendía, uma estirpe de solitários que habitam a mítica aldeia de Macondo. A narrativa desenvolve-se em torno de todos os membros dessa família, com a particularidade de que todas as gerações foram acompanhadas por Úrsula, uma personagem centenária e uma matriarca das mais conhecidas da história da literatura latino-americana. Nessa história envolvente e cheia de melancolia, o leitor se entrega a essa família e vive com eles esses 100 anos de solidão.


A Casa dos Espíritos - Isabel Allende - Editora Bertrand 


Sinopse: A Casa dos Espíritos, primeiro romance de Isabel Allende,  é considerado pela crítica como um clássico da literatura latino-americana, o romance conta a saga da turbulenta e numerosa família Trueba, cujo patriarca é o latifundiário e senador Esteban Trueba.

O romance, que tem sua narrativa caracterizada por uma notável lucidez histórica e social, oferece um painel contundente da história chilena, entre 1905 e1975. Combinando magia e realidade, Isabel Allende confere à obra sua personalíssima visão do realismo fantástico, inserindo A Casa dos Espíritos na respeitável galeria dos grandes romances da literatura latino-americana.



9 comentários:

  1. Dos que vc falou li apenas a Menina que roubava livros.
    Gostei muito da história, livros nesse estilo para sim são facinates.
    Os outros dois eu não li, nem tnha ouvido falar deles ainda.
    Bjos...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Dany!! que legal q vc já leu!!! Dps tenta ler algum dos outros, pq é muito bons!!! Bjs!!!

      Excluir
  2. Sou doida para ler A menina que roubava livros, mas ainda não comprei...

    Bjusss
    almaruiva.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Katherynne!! Compra ou empesta de alguem!! As x no catalogo da avon tem baratinho!!! Bjs!!!

      Excluir
  3. 100 anos de solidão e A menina q roubava livros eu AMEI!
    A casa dos espíritos eu nunca li, não sabia q tinha livro, mas vi o filme, aliás, um ótimo filme com Jeremy Irons, Meryl Streep, Winona Ryder e Antonio Banderas.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Regiane!! Leia sim A Casa dos Espíritos, é lindo!!!

      Excluir
  4. Já li os 3 e aqui em casa tem 2 (a menina e a casa), e dos 3 "a menina ...." gostei um pouco mais.

    Do Gabriel prefiro "memorias de minhas putas tristes", 100 anos foi pra mim muito confuso (tbm estava na epoca do colegial ಠ_ಠ)

    Esse da Isabel Allende embora nao goste dos temas "espiritas" é realmente de uma beleza sutil impar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Rafael! A menina é lindo né? Eu gostei muito!!! Li a memória das putas tristes e o que mais me encanta no Gabriel é a sutileza, o encantamento...é lindo! Outro dele que é lindo é "Do Amor e outros demonios" é lindo!

      Excluir
  5. Oi Cela!
    Eu só li Cem Anos de Solidão e fiquei completamente apaixonada por Gabriel!

    A Casa Dos Espíritos está na minha lista de desejos!

    ResponderExcluir

Sua opinião é super importante!
Obrigada por deixar seu comentário!