domingo, 8 de julho de 2012

Livro: O Mágico de OZ - Lyman Frank Baum

"...mas como o tempo passava e nada acontecia,
 ela parou de se preocupar e resolveu esperar 
calmamente para ver o que o futuro lhe reservava."
p.14


Sinopse:
Quando um terrível ciclone levou Dorothy, a órfã, e seu cãozinho Totó do Kansas até a Terra de Oz, ela temeu não ver nunca mais sua tia Emily e o tio Henry. Mas ela encontrou os Munchkins e eles lhe disseram para seguir a Estrada dos Tijolos Amarelos até a Cidade das Esmeraldas, onde o Grande Mágico de Oz lhe concederia qualquer desejo. No caminho, ela encontrou o Espantalho sem cérebro, o Lenhador de Lata e o Leão Covarde. Os quatro amigos partiram em busca de seus mais profundos desejos, e numa série de aventuras fantásticas eles encontram um campo de papoulas mortíferas, animais selvagens, macacos voadores, uma bruxa malvada, uma bruxa boa e o próprio Mágico de Oz.

Minha opinião:
O Livro "O Mágico de Oz" é uma estória infanto-juvenil, porem como acontece com "O pequeno príncipe", ela vem cheia de mensagens e de simbologismos, se tornando uma estória apreciada por todos os públicos.
"O Mágico de Oz" é um livro lindo, mágico... que nos fala sobre todas as nossas potencialidades, sobre nossos sentimentos e qualidades, que muitas vezes vemos nos outros e não conseguimos identificar em nós mesmo. 
O livro mostra como é difícil termos confiança em nós mesmos. É uma história acima de tudo de auto conhecimento, de termos coragem de sermos quem a gente quer, sem se importar com as opiniões alheias.

Sobre essa edição da Editora LEYA/Barba Negra: Muito bem traduzida, a leitura rápida e gostosa, porem as gravuras não me agradaram, esperava desenhos bonitos e coloridos, ainda mais por se tratar de uma estória infanto-juvenil.

Paguei R$16.

BAUM, L. Frank, :O mágico de OZ/ L. Frank Baum: tradução: Santiago Nazarian.
    - São Paulo: Barba Negra: LEYA, 2011. 192p.