quarta-feira, 27 de junho de 2012

Livro da Semana: A Cabana

"Você deve desisitir de seu direito de decidir o que
é bom ou ruim e escolher viver apenas em mim.
É um comprimido difícil de engolir.
Para isso você deve me conhecer o bastante,
a ponto de confiar em mim e aprender a se
entregar à minha bondade inerente." p.123

"A Cabana" é um livro lindo, um dos poucos que me fez chorar e aprendi muito com ele.
Quando li pela primeira vez em 2009, minha vida estava meio conturbada, problemas e várias coisas, e essa leitura foi paradisíaca.
Não sigo nenhuma religião (na verdade eu tenho as minhas crenças pessoais que são um cincretismo de várias religiões), o livro não propõe nenhuma religião e nem nada disso, acredito que em certo ponto ele até vá fora dessa coisa de igrejas e talz, te dizendo que a fé é o que basta.

" Simplesmente não procure regras e princípos, Procure o relacionamento : um modo de estar conosco." p. 185

Sinopse:
 Durante uma viagem de fim de semana, a filha mais nova de Mack Allen Phillips é raptada e evidências de que ela foi brutalmente assassinada são encontradas numa cabana abandonada.
Após quatro anos vivendo numa tristeza profunda causada pela culpa e pela saudade da menina, Mack recebe um estranho bilhete, aparentemente escrito por Deus, convidando-o para voltar à cabana onde aconteceu a tragédia.
Apesar de desconfiado, ele vai ao local do crime numa tarde de inverno e adentra passo a passo no cenário de seu mais terrível pesadelo. Mas o que ele encontra lá muda o seu destino para sempre.
Em um mundo tão cruel e injusto, o romance levanta um questionamento atemporal: se Deus é tão poderoso, por que não faz nada para amenizar o nosso sofrimento?
As respostas que Mack encontra vão surpreender você e podem transformar sua vida de forma tão profunda quanto transformou a dele. Você vai querer partilhar este livro com todas as pessoas que ama.

Talvez por eu ter já filhos "A Cabana" mexeu demais comigo, porque qual o maior medo de uma mãe? Perder seu filho, o MEDO é uma constante, e no caso de Mack que brutalmente perdeu sua pequena Missy, a dor não poderia ser menor. O escritor narra com muita sensibilidade a tristeza vivida por esse pai, os sentimentos que o acercam e não tem como não se emocionar.
Quando Mackenzie se encontra com Deus na cabana os dois começam a conversar e aí é o ponto forte da "A Cabana", sabe todas as suas dúvidas? Porque os assassinos não morrem? Porque coisas ruins acontecem com pessoas boas? Porque Deus deixa que isso tudo aconteça?? Todas essas respostas você encontra nesse livro maravilhoso.

Frases Marcantes:
" Quando tudo que consegue ver é sua dor, talvez você perca a visão de Mim." p. 86
"Você não brinca com uma criança ou colore uma figura com ela para mostrar sua superioridade. Pelo contrário, você escolhe se limitar para facilitar e honrar o relacionamento. Você é até capaz de perder uma competição como um ato de amor. Isso não tem nada a ver com ganhar e perder, e sim com amor e respeito." p97
"...de alguma forma o bem pode ser a presença do câncer ou a perda de ganhos fincanceiros, ou mesmo de uma vida."  p124
"Uma criança é protegida porque é amada e não porque tem o direito de ser protegida." p124
"Você tenta brincar de Deus imaginando que o mal que você teme pode se tornar realidade e depois tenta fazer planos para evitar aquilo que teme." p130
"A pessoa que vive dominada pelos medos não encontra liberdade no meu amor." p. 130
"Julgar exige que você se considere superior a quem você julga." p. 146
" Você deve escolher 3 dos seus filhos para passar a eternidade no inferno...Só estou pedindo para fazer uma coisa que você acredita que Deus faz..."p 148 e 149
"O amor dela (Missy) é muito mais  forte que a sua falha jamais poderia ser." p.155

Young, Willian P.
    A Cabana/ william P. Young [tradução de Alves Calado].
   Rio de Janeiro: Sextante, 2008
ISBN: 978-8599296363