quinta-feira, 6 de maio de 2010

Livro da Semana: O Retorno e Terno

Eu amo, amo e amo o Rubem Alves, tive o prazer de fazer algumas sessões de psicanálise com ele (na vdd fui só para estar com ele). A gente mora aqui em Campinas, e volta e meia vejo-o com sua serenidade, sua calma...
Mas esse amor não é de hoje não, isso é coisa de tempos...quando eu era adolescente já recortava suas crônicas do jornal, tenho pastas e pastas de crônicas, até que comecei a trabalhar e a comprar seus livros.
O primeiro, foi indicação de um amigo, (muito, muito querido) o livro chama-se: O Retorno e Terno! Esse livro é um conjunto de crônicas sobre as fases da nossa vida, fala sobre amor, amadurecimento, velhice, separação, sexo...um livro completo e que eu amo muito mesmo. Já li e reli umas 300 vezes!! E tirei várias e valiosas lições de vida, para a minha vida!
Nas livrarias, ele custa de R$35 a R$40, mas nos sebos ele sai bem mais em conta. Quem se interessar, acesse http://www.estantevirtual.com.br/  (é um sebo online bem bacana!)


AI vai um trechinho da Sinopse do livro.
A ideia para uma crônica me vem sempre como uma experiência de alegria, mesmo que o assunto seja triste. Ela aparece repentinamente, nos momentos mais inesperados, como a visão de uma imagem. O que tento fazer é simplesmente pintar com palavras a cena que se configurou na minha imaginação.


Sou psicanalista. Meu trabalho se baseia na escuta. Cada cliente fala e, ao fazer isso, me permite andar nas paisagens da sua alma. Ao escrever uma crônica, faço o contrário: sou eu que ofereço as paisagens da minha alma aos olhos dos meus leitores. E eles, sem o saber, são os meus psicanalistas...

O escritor não é alguém que vê coisas que ninguém mais vê. O que ele faz é simplesmente iluminar com os seus olhos aquilo que todos vêem sem se dar conta disso. E o que se espera é que as pessoas tenham aquela experiência a que os filósofos Zen dão o nome de "satori": a abertura de um terceiro olho, para que o mundo já conhecido seja de novo conhecido como nunca o foi.

.