terça-feira, 15 de maio de 2018

Quero ler!!!

Olá menin@s!!!
Essa semana ganhei alguns livros que eu queria muito!
Além de muitos beijinhos e abraços das minhas filhas queridas, eu ganhei:
- O Perfume da Folha de Chá - Dinah Jefferies /  Editora Companhia das Letras R$39,90
Em 1925, a jovem Gwendolyn Hooper parte de navio da Escócia para se encontrar com seu marido, Laurence, no exótico Ceilão, do outro lado do mundo. Recém-casados e apaixonados, eles são a definição do casal aristocrático perfeito: a bela dama britânica e o proprietário de uma das fazendas de chás mais prósperas do império.
Mas ao chegar à mansão na paradisíaca propriedade Hooper, nada é como Gwendolyn imaginava: os funcionários parecem rancorosos e calados, e os vizinhos, traiçoeiros. Seu marido, apesar de afetuoso, demonstra guardar segredos sombrios do passado e recusa-se a conversar sobre certos assuntos.
Ao descobrir que está grávida, a jovem sente-se feliz pela primeira vez desde que chegou ao Ceilão. Mas, no dia de dar à luz, algo inesperado se revela. Agora, é ela quem se vê obrigada a manter em sigilo algo terrível, sob o preço de ver sua família desfeita.


- O Homem de Giz - C. J. Tudor - Editora Intrinseca R$39,90
Em 1986, Eddie e os amigos passam a maior parte dos dias andando de bicicleta pela pacata vizinhança em busca de aventuras. Os desenhos a giz são seu código secreto: homenzinhos rabiscados no asfalto; mensagens que só eles entendem. Mas um desenho misterioso leva o grupo de crianças até um corpo desmembrado e espalhado em um bosque. Depois disso, nada mais é como antes. Em 2016, Eddie se esforça para superar o passado, até que um dia ele e os amigos de infância recebem um mesmo aviso: o desenho de um homem de giz enforcado. Quando um dos amigos aparece morto, Eddie tem certeza de que precisa descobrir o que de fato aconteceu trinta anos atrás. Alternando habilidosamente entre presente e passado, O Homem de Giz traz o melhor do suspense: personagens maravilhosamente construídos, mistérios de prender o fôlego e reviravoltas que vão impressionar até os leitores mais escaldados.

Hoje recebi de presente o "Casos e Casos" da Editora Objetiva:

- Casos e Casos - Esther Perel - Editora Objetiva R$44,90
Um olhar provocativo sobre os relacionamentos pelas lentes da infidelidade. Esther Perel, psicoterapeuta e autora do bestseller Sexo no cativeiro, é reconhecida como uma das vozes mais originais e perspicazes sobre os relacionamentos modernos.Um caso extraconjugal: algo que pode acabar com o relacionamento de um casal, sua felicidade, sua própria identidade. E, no entanto, essa experiência humana extremamente comum é muito mal compreendida. O que podemos entender desse tabu clássico - universalmente proibido ainda que universalmente praticado? Por que as pessoas traem - até mesmo aquelas em casamentos felizes? Durante os últimos dez anos, Perel viajou o mundo e trabalhou com centenas de casais que lidaram com a infidelidade.
Traição machuca, mas pode ser curada. Um caso pode inclusive ser a porta de entrada para um novo casamento - com a mesma pessoa. Com a abordagem certa, casais podem crescer e aprender com essas experiências turbulentas, juntos ou separados. Casos extraconjugais têm muito a nos ensinar sobre relacionamentos modernos. Eles oferecem uma janela única de observação da nossa atitude pessoal e cultural sobre amor, desejo e compromisso. Examinando o amor ilícito através de diversos ângulos, Perel convida os leitores a uma investigação honesta, racional e original do casamento moderno em suas tantas configurações.Inteligente e audacioso, Casos e casos fornece uma fundamentação desafiadora para entender as complexidades do amor e do desejo.

Qual desses eu devo começar a ler primeiro??


sábado, 12 de maio de 2018

Resenha: A Mulher na Janela - A. J. Finn

"Como paciente, digo que a agorafobia não veio para destruir minha vida: agora ela é a minha vida." pág. 26


Que livro é esse?!!! Nossa! Estou pensando nele até hoje e já faz 2 dias que acabei de ler. Adorei! Eu amo um bom thriller de mistério e suspense e "A Mulher na Janela" é maravilhoso!!
Sabe aquele livro que você não desgruda até acabar de ler? Fica ansiosa para voltar à leitura porque TEM que saber o que acontece...que os fatos vão acontecendo e você se surpreendendo e se perguntando: CARACA!!!

O livro é todo contado por Anna Fox, 38 anos, uma mulher que vive separada  do marido Ed e da filha Olivia de 8 anos. É uma psicóloga infantil, mas parou de atuar por conta da síndrome do pânico e agorafobia que a atormenta, já esta há 11 meses sem sair de casa. Bebe muito e mistura vinho com os medicamentos psiquiátricos. Na maioria do tempo bisbilhota os vizinhos pela janela e assiste filmes de Hitchcok.
Tudo andava normalmente até que os Russell se mudam para a casa da frente...Ana começa a receber visitas e a vida dela muda completamente quando ela vê um assassinato...ou será que essa mistura bombástica de álcool e remédios a fez delirar?? Será que a realidade é um sonho e foi tudo ilusão? Até que ponto Anna está no controle de suas faculdades mentais? Será que tudo não passou de imaginação pelos filmes que ela assiste? Misturou realidade e ficção?

São 350 páginas que passam voando e fica um gostinho de quero mais. Vale muito a leitura!!!


Paguei R$31,90

terça-feira, 8 de maio de 2018

Resenha: Me chame pelo seu nome - André Aciman

"O verão em que aprendi a amar pescar. Porque ele amava. A amar correr. Porque ele amava. A amar polvo, Heráclito, Tristão e,. O verão em que ouvia o canto de um pássaro, sentia o perfume de uma florou o vapor subir pelos pés em dias quentes e ensolarados e, como meus sentidos estavam sempre alerta, automaticamente pensava nele." pag. 26

Me Chame Pelo Seu Nome é um livro de muitas faces. Altamente erótico e sensível, a estória é contada por seu protagonista Elio. Ele é um rapaz de 17 anos, bissexual, muito culto, filho de pais intelectuais e liberais, e esta passando as férias de verão na Itália.
Oliver foi o candidato aceito pelo pai de Elio, que todo ano recebe um jovem acadêmico em sua casa para ajuda-lo com as pesquisas universitárias.
O livro já começa com o narrador querendo entender como essa atração entre os dois começou. O leitor é contagiado por esse clima de desejo e torce para que Elio seja correspondido, mas até certo ponto Oliver se mostra indiferente e distante, com o tempo os dois se permitem entrar num mundo de prazer e paixão.

Não indico a leitura para adolescentes, eu achei algumas partes bem eróticas, o que não é necessariamente ruim, mas acredito que seja um conteúdo adulto.
O livro é dividido em 4 partes e a quarta e última, para mim, é a mais bonita, com uma sensibilidade ímpar.
Em alguns momentos achei excessivo o uso da descrição de paisagens e lugares ou até mesmo os diálogos em italiano e as explicações sobre escritores.

"-Me chame pelo seu nome e eu vou chamar você pelo meu.
Era algo que eu nunca tinha feito na vida e, assim que disse meu próprio nome como se fosse dele, fui levado a um domínio que nunca tinha compartilhado com ninguém, e que não compartilhei desde então." pág. 158

Confesso que em algumas partes fiquei sem ar...o autor soube como poucos a descrever cenas e atos sensuais. 
As reflexões de Elio sobre esse amor, sobre a indiferença de Oliver, sobre a distância entre eles é muito bonita e até mesmo as reflexões sobre o sexo. Não se trata apenas de um romance LGBT, mas de um romance entre pessoas que se gostam e se sentem atraídas. Fica claro que pouco importa se são dois homens, são sobre tudo dois seres apaixonados.

Paguei R$22,90